segunda-feira, 17 de março de 2008




Queria ser uma estrela para brilhar e lá do céu e com um conjunto de mim, poder guiar os barqueiros perdidos, lá do céu poder tornar inesquecivel a noite dos casais apaixonados que se amam a luz do luar e por que não das estrelas.




Um dia desses vi uma estrela que vagava por entre nuvens e companheiras, aquela que os homens sem sonhos insistem em chamar de cadente, estrela-cadente, que cai, estrela-que-cai, pois para mim ela não cai, ela é uma andarilha dos céus, feliz e livre, encanta quem vê, alimenta os nossos sonhos, ilumina a nossa noite.




Costumo perder hrs admirando as estrelas, ainda que sozinha, alimento o sonho de achar uma metade que goste de estrelas.




"The stars are so beautiful from space


I used to spend hours just lying on a hill looking up


You always did love the sky


A stargazer... that is what you are"


[Desconheço o autor]