terça-feira, 1 de abril de 2008


Figura autoexplicativa.
Sentimento de inutilidade, de vazio, de descrença.